segunda-feira, 9 de junho de 2014

Minha Pequena Grande...


Eu lembro você sem forças para segurar a mamadeira...

Recordo-me, também, das perninhas pequenas cambaleando para dar os passos iniciais...

Como olvidar a pronúncia das primitivas sílabas...

E a cada dia, você descobre uma nova maneira de driblar este velho coração...