quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O grande dia...

 
Boa noite a todos!
É certo que, dependendo da fase da vida que estejamos atravessando, as dificuldades, os anseio e os sonhos são diferentes, e aí, o que era o evento mais importante há 7 anos, hoje talvez não nos cause tanta alegria nem mereça especial atenção do nosso racional. Hoje, porém, fui surpreendida por uma emoção que eu já julgava adormecida, dado o espaço de tempo transcorrido desde seu acontecimento em minha vida: presenciei uma cena de total encantamento de um pai pelo resultado positivo da filha no Vestibular da UFPB.
Aquele instante me transportou para o ano de 1999, ano este em que eu, deitada em formato de concha em uma rede, aguardei, escondida, com um radinho de pilha grudado ao ouvido, o resultado do Vestibular da UFC. Confesso que, por alguns minutos, senti o mesmo calafrio, a mesma êxtase e até a mesma tristeza que senti naquela noite (isso porque não pude, fisicamente, dar um abraço no meu Pai nem dizer ao homem mais importante da minha vida: “Conseguimos”.).
Desde aquela data, já passaram-se 13 anos e, guardadas as peculiaridades do viver de cada um, penso que o grande dia na vida de um jovem é mesmo quando ele consegue passar no Vestibular, momento em que percebe que a relação causa-consequência funciona certinho, e que após muito estudo e dedicação, um bom resultado pode até demorar um pouco, mas não tarda tanto a chegar.
Até mesmo por conta da enorme desigualdade na distribuição de renda do País, o que impede que muitos adolescentes comecem/finalizem os estudos, esse exato momento funciona quase como um certificado à Obama de “Sim, eu posso”, posso erguer a cabeça e buscar, um a um, todos os meus sonhos.
Claro que, daí para frente, os desafios só aumentam, mas esse dia... ah... ele merece ser guardado em um cantinho bem especial da nossa memória...
Parabenizo todas as pessoas que, neste ano de 2012, conseguiram ingressar na Universidade. Congratulo-me, também, com os pais, familiares e amigos, pois essa vitória jamais é individual.
Paz e Bem!